SOCIEDADE DE NORMAS ABSURDAS - Por Natanael Faustino*

Filme: Minha Vida Cor de Rosa

 

Infelizmente ainda vivemos e temos que nos compor em uma sociedade totalmente rígida, arcaica e com parâmetros e normas rebuscadas. O que é pior é que grande parte desta mesma sociedade está acomodada a esses pensamentos e os tornam verdade a cada dia no convívio com o outro. Não citando ao certo os porquês dessas formas de pensar, podemos apenas afirmar que influencias, políticas, religiosas, familiares, podem a cada dia tornar mais nítido o processo de imposição de tais regras. O fato de homem ter que fazer apenas isso, vestir isto, falar desta forma, se comportar assim, e fazendo o contrário às regras já seria taxado de outra forma. Da mesma forma com as mulheres que querem ter a liberdade de se comportar da forma eu acharem melhor e terem a liberdade de trabalhar, se vestir e falar, já seria causa de rótulos.

Um conceito e exemplo simples de tudo isso é o fato de um homem ter a liberdade de se vestir como quiser. O simples fato de um homem, independente de sua orientação sexual, se sentir bem usando roupas que a sociedade julga não ser de “homem” seria um dos motivos para que ele seja discriminado e até expulso de seu grupo social.

Fatos, como o de homossexuais afeminados, crianças que desde cedo demonstram sua sexualidade diferente da heteronormatividade que nos cerca são as primeiras e principais vítimas sociais. Eles não se encaixam nas normas e assim são exclusos, símbolo de algo repugnante. São vítimas de um Estado despreparado, de normas religiosas que tende a os julgar e principalmente são pontos diferentes na sociedade.

O pior é saber que ficar de braços cruzados ainda é a decisão de muitos, não de forma geral, temos quem os julga, discrimina e exclui. Sabemos também que movimentos que defendem a diversidade de gênero já estão mais frequentes e fortes em nosso meio. O que nos resta e fortalece-los a cada dia e lutar contra o patriarcado, capital, religião e machismo que tornam pessoas que tem suas orientações de gênero diferentes as beiradas sociais. 

 

 

*Graduando em Licenciatura em Ciências Humanas /Historia, UFMA,- Codó

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!